terça-feira, janeiro 30, 2007

Infantário

Hoje fui inscrever o Gil no infantário, bem sei que a probabilidade de ele ali ficar não é grande porque as vagas são poucas e as inscrições muitas, mas adorava que ele lá ficasse por vários motivos.
Em primeiro lugar, porque é perto de casa e é mesmo em frente à casa dos meus pais, em segundo lugar, porque eu já lá andei na pré-primária e conheço bem as instalações e ainda lá está uma das minhas educadoras e por último porque eles têm um espaço invejável!
Praticamente cresci naquela quinta, uma das minhas amigas morou lá muitos anos e assim passava lá imenso tempo, aos fins de semana aquilo era só nosso! Aquilo tem vários espaços recreativos, tem casinhas para as crianças brincarem, baloiços, um campo de futebol, uma mesa de ping-pong fixa, relva, árvores, etc, etc.
Não conheço sítio melhor para ele ir, embora se ele for para lá, vá inicialmente para uma ama. Só em Junho ou Julho é que saberei se ele foi admitido, vamos ver...

Agradeço os vossos comentários de encorajamento.

Sofia (mãe do bebinho), já liguei para a linha SOS Amamentação, de facto fui muito bem atendida e esclareceram-me algumas dúvidas, disseram-me para introduzir o meu leite como suplemento em vez de introduzir o artificial, minimizando o biberão, mas usando uma colher. Se ainda assim ele não ficar satisfeito, só aí dar-lhe o artificial.
Creio que de facto ele não estava a mamar o suficiente, pois esta noite dormiu de forma mais relaxada que o habitual... mas vamos ver como vai ser hoje.

M. realmente já viste como as coisas são? Só dás 5 minutos de mama ao Daniel??? E ele engorda 300 gramas? O Gil se for preciso mama 40 minutos e ainda perde peso! :(
Quanto ao leite artificial o Gil aceitou bem o que lhe dei, comprei o Nutrilon HA 1, ele não é esquisito! :P
Mas tu já vais trabalhar na segunda feira? Como é que isso é possível, se o Danny ainda não tem 4 meses? Negociaste com o boss foi?

O que me entristece nisto tudo, é que há mulheres que não querem amamentar e podiam faze-lo sem problemas e eu que gostava de lhe dar em exclusivo, acabo por me debater com isto...

7 comentários:

Ana disse...

Sei como te sentes, quando a Shania nasceu eu tambem queria amamentar mas ela recusou sempre, mesmo com a enfermeira a vir a minha casa todos os dias durante 15 dias para me ajudar, nao deu.A enfermeira ainda queria insistir mais mas eu nao e comecei a dar-lhe do outro leite, ela adorou e comecou a engordar e a ficar mais calminha a noite. Nao era bem o que eu queria ...mas as vezes eh assim.
Beijinhos
Ana Felpuda

Cláudia disse...

Pois... Mas depois desses conselhos vamos ver se o rapaz engorda ou não! Tem que engordar senão dá-lhe uma bruta feijoada passada, no biberão!lol
bjs amiga

May disse...

Olá Lisa, não desanimes, vais ver que de uma forma ou de outra tudo se vai resolver. O tal livro de que te falei fala exactamente sobre o que tu estás a passar com a amamentação e apresenta formas de resolver com as rotinas sugeridas e amplamente experimentadas pela autora em centenas de crianças que cuidou e ajudou a cuidar. Talvez fosse útil para ti dar uma vista de olhos... ;) Beijinhos e boa sorte.

Sandra J. disse...

Olha, linda, o principal é não desesperares.
A minha filha também só mamava 4 minutos de 2 em 2 horas e sempre foi muito gordinha, mas não somos todas iguais.
Tenho a certeza que todo esse stress em que te encontras também não ajuda.
Tenho alguns links sobre amamentação no meu blog, se quiseres e achares que te ajudam dá uma espreitadela.
E espero que ele entre para esse infantário que me parece ter condições fantásticas!
Bjs

Mamã trintona disse...

Também fiquei e estou muito triste porque, de repente, o meu leitinho foi-se. Já não dou mama todos os dias e, quando dou, é só uma vez por dia e tem de ser seguido do suplemento. Eu sabia que um dia teria de ficar sem ele mas assim tão de repente? Bem sei que o meu enino já tem quase 7 meses mas o que eu adoro os momentos em que ele está a mamar...
Ontem à tarde quis adormecê-lo apenas com a chucha mas ele preferiu a maminha e foi assim que adormeceu: com a maminha na boca. E que bem que me soube.
Joquinhas
Sofia

maria-joão disse...

Compreeendo bem essa tristeza, oh como compreendo.

)0( disse...

Não desesperes. O que importa é que eles comam o suficiente e se sintam bem. O melhor seria mesmo com leite materno, mas se isso não for possível, à fome também não ficam.
A minha filha está a tomar como suplemento o leite que davam no hospital: S26 Gold e até agora também se tem dado muito bem.
Beijos