segunda-feira, maio 07, 2007

Dia da Mãe!

Ontem foi o meu primeiro dia da mãe, com o Gil nos meus braços.
Realmente só agora, sei dar o valor ao que é ser mãe e dar mais valor à minha mãe (e a todas as mães).
Ser mãe é uma tarefa dificil mas muito compensadora! Podemos desesperar e angustiar-nos quando vemos que os nossos bebés são difícies (como o meu Gil), quando não querem dormir e nos fazem passar milhentas noites em branco, quando não querem comer (isto nem sei o que é, já que Gil é um comilão!), quando choram e não sabemos porquê, quando fazem birras sem uma razão aparente, quando não engordam, quando se vêm aflitos com os dentinhos, etc. etc.
Mas tudo isto é compensado com os enormes sorrisos destentados com que somos prendados todos os dias, com o palrar feliz deles sempre que estão bem dispostos, com os gritinhos de alegria com que nos brindam todas as manhãs quando os vamos buscar ao berço e especialmente quando os temos nos nossos braços!
Para mim a amamentação foi algo complicado, tendo em conta que o Gil não engordava (hoje acho que era mesmo dele e não do meu leite), mas ainda assim é algo que faço com muito prazer. Adoro te-lo no meu colinho encostado a mim e dar-lhe de mamar.
Ele já se agarra a mim quando está a chorar e eu lhe pego ao colo e não há ternura maior do que sentir ele a aconchegar-se nos meus braços!
Até agora ser mãe, sei que é tudo isto, mas sei que aquilo que melhor define este papel é o amor que temos pelos nossos bebés, é esse amor que nos leva até onde for preciso, para que eles se sintam sempre bem e sejam felizes!

E foi com um misto destes sentimentos de alegria que celebrei ontem o meu primeiro dia da mãe! (Já que o desnasturado do meu marido se fez de esquecido!).

Afinal as birras do Gil continuam, já não são tantas, mas ainda as tem, mas com uma variante agravada, ele agora não chora, ele GRITA!
No sábado fomos ao Odivelas Parque levantar uma encomenda da La Redoute e comprar a prenda para a minha mãe, esteve algum tempo a dormir, depois de acordar andou um bocadinho dentro do carrinho bem disposto, algum tempo depois começou uma sessão de gritos que só visto! Uma das vezes que gritou, ia uma senhora a passar que até se assustou com ele!
Às tantas viemos embora, pois ele continuava a gritar e eu a pensar "Se este miúdo já me faz passar vergonhas destas com 4 meses, como será daqui a mais algum tempo?" :s

10 comentários:

May disse...

O Gil é um malandro! ;)
Gostei muito do que escreveste sobre ser mãe.
Beijinhos

Ruivita disse...

Amiga que coisinhas mais lindas que escreveste.
O Gil é um malandreco...Vais ver que essas birrinhas vão passar. Acho é estranho ele chorar quando anda com o cu tremido. Normalmente Quando andam no passeio raramente choram.
Olha amiga espero que as birrinhas do Gil passem depressa, o Cris também tem andado muito rabujento mas deve-se ao rompimento dos dentes.

Beijocas grandes
Ângela e Cris
http://blogs.portaljunior.com/babycris

Cláudia disse...

A parte final do teu post fez-me rir. Realmente, eles já nos fazem passar cada vergonha...

A Dani também é assim: grita, grita, grita....

Não sei como não se cansa.

Mas é tão bom ser mãe...

sonia alves disse...

oi ,e pela primeira vez que por aqui passo e amei ,seu filhote e muito muito linto parabens queria oferecer o meu award e fazer um convite ,venha nos visitar ta ? iriamos adorar ter voces por la ,muitas beijokinhas

Ana disse...

Feliz Dia da Mae para ti, e para todas as maes.
Aqui eh so no dia 13 de Maio.
Beijinhos

Golfinho Filipa disse...

Ai amiga, até me fizeste rir... Pois é, o teu Gil descobriu que para além de falar, pode regular o volume... Eu costumo dizer que a Mariana é a minha buzina nos supermercados: as pessoas escusam de fazer de conta que não viram que está um bebé na caixa prioritária porque ela faz questão que todos a oiçam ;-)). Espero que tenhas passado um dia muito feliz! Beijocas!

Carla disse...

Ser mãe é mesmo tudo isso que descreveste. Pelo menos é o que eu sinto também.

Quanto ao Gil, por certo em breve ele muda. Eles estão sempre a mudar e é pena que não consigámos gravar todos os momentos deles. Tenho uma pena enorme das coisas que já passaram, mas estou ansiosa pelas gracinhas e competências que ainsa estão para vir.

Beijos e Feliz Dia da Mãe (ontem e todos os dias da tua vida)

baby Just disse...

As tuas palavras sao lindas....
Deixa estar como sabes o rafa agora também faz das dele, só para comer mas faz, grita esperneia, que fica da cor do tomate, sem exagero!!!
Vais ver que vai passar... E o que eles nos dao, faz-nos derreter completamente...
Um beijinho muito muito grande
Patrícia

Anónimo disse...

Ser mãe tem coisa boas e outras menos boas, mas tal como tu dizes, tudo vale a pena, tudo compensa para termos na nossa vida um ser tão bonito como um filho e sentir um amor tão grande como o amor de mãe.

Beijocas e boa semana

Maria Pereira + João Dinis (27 meses)

www.era1xeu.blogs.sapo.pt

Pipoquita disse...

O Gil tem mesmo uma personalidade forte, tens aí um rapaz de ideias fixas!
Um beijinho grande e um feliz dia da mãe!