terça-feira, junho 12, 2007

Justiça à portuguesa...

Ontem lá fomos ao advogado e não viemos de lá muito optimistas, pois o diagnóstico do processo é: muito complicado, muito moroso e muito dispendioso!
Isto significa em bom português que estamos fodidos, desculpem a linguagem...

Neste país a justiça é tão deficiente, mas tão deficiente, que eu não me admiro nem um pouco que as pessoas façam justiças pelas próprias mãos e quem lhe partisse o focinho ou lhe enfiasse um pau pelo cú acima, era pouco!

Acho angustiante que as coisas sejam desta forma, o advogado foi sincero e deu-nos razão, mas avisou-nos desde logo que isto ia ser complicado, não nos garantia que iríamos ganhar, mas garantiu-nos que mesmo que fossemos condenados de alguma forma, não seria com certeza no valor de 10 mil euros, pois geralmente os danos morais, psicológicos e afins nunca são tantos para uma acção com um valor tão baixo e eles pedem o triplo do valor da acção, ou seja, 2500 euros pelo valor do arranjo e 7500 euros pelos danos.
Ao processo será chamado o construtor e a admnistração do condomínio, da qual fazemos parte e o mais engraçado é que para além de termos de pagar a nossa parte, já pagámos ontem 75 euros e mal a contestação entre em tribunal são mais 144 euros de custas, ainda vamos ter de pagar por permilagem a parte do condomínio, mas nisso o gaijo de baixo também se lixa porque também vai ter de pagar e assim há forma de o condomínio começar a fazer pressão, quer sobre o construtor (mas esse não está nem aí, está-se pouco lixando para tudo!), quer sobre o gaijo de baixo, pois vai tudo ser metido ao barulho por causa dele!
Resumindo, a procissão ainda mal vai no adro e não sei quando é que isto vai treminar, acho que se vai arrastar por muito tempo... e eu só penso que o dinheiro que vou gastar nesta merda, podia servir para dar melhores coisas ao meu filho!

Desejo-lhes que tudo o que me façam gastar, tenham eles de gastar em triplo na saúde e hospitais e que nunca consigam ter filhos, pois como já tinha dito, ninguém merece uns pais assim!

E pergunto-me mais uma vez, como é possível que a nossa justiça seja assim? Eu não sou responsável por estar a viver numa casa sem condições que comprei nova, sem saber que me ia dar tantos problemas e em que pago 585 euros mensais ao banco e ainda por cima levo com o bandulho de baixo! O advogado disse-nos que se o construtor não se responsabilizasse em segunda instância estávamos nós e foi por aí que ele começou... digam lá se não dá vontade de fazer justiça pelas próprias mãos?

Desculpem lá o desabafo, mas se andava nervosa, ontem ainda mais fiquei!

À parte disto, tenho continuado a insistir na amamentação do Gil, pois não queria desisitir agora. Ele tem feito menos birras para mamar (Kya, obrigada pelos teus comentários, parece mesmo que a greve está a passar), embora ontem à noite tivesse mamado pouco, mas acho que mamou todo o leite que tinha naquele peito e como já devia estar a puxar em seco não quis estar ali mais tempo e aí também não insisti. Mas ainda no sábado à noite mamou imenso e eu até fiquei surpreendida como é que ele conseguiu tirar tanto leite, bem sei que eles conseguem tirar mais, do que nós com a máquina, mas mesmo assim fiquei surpresa.

O baptizado está quase aí e eu sinto-me sem ânimo nenhum para festas... sinto-me cansada, triste e esgotada... mas não se preocupem que não baixámos os braços, vamos à luta!

Obrigada a todas que continuam a passar por aqui e a deixar comentários, mesmo sem eu conseguir colocar todas as visitinhas em dia... Mar, não tens blog ou é privado? Queria retribuir a visitinha mas na tua página de perfil não existe blog...

20 comentários:

Kya disse...

De nada, querida! Precisas de focar a tua atenção nas coisas boas, concentrar-te no Gil, tentar não pensar nessas coisas más enquanto estás com ele. Não te adianta nada angustiares-te - acredita em mim, que tenho a mania de sofrer por antecipação e depois constato sempre que foi em vão! A justiça no nosso país é uma merda, mas se é para o teu lado, vais ver que também é para o deles e não vai dar em nada... Deixa-os desgastar-se, pode ser que desistam! Não penses nisso, a sério. Se entregaste o assunto ao advogado, deixa isso entregue MESMO e tenta abstrair-te. Sei que é difícil, mas vais ver que é melhor, a longo prazo. Continua a dar a maminha ao Gil, mesmo que te pareça que tens pouco leite, porque realmente acho que se tiramos 10 ml com a bomba, o bebé tiraria uns 90 (sim! a diferença é brutal!). Aguenta firme, tudo vai passar! Bjs

Lojinha da Pipocas disse...

Pois é Lisa, quem tem processos em Tribunal sabe que são todos muito complicados e morosos. Isso dos advogados dizerem não saber se ganhamos ou não penso que todos dizem isso, depende da defesa que o outro apresentar percebes? Não pagavas o condominio? O advogado levou-te 75 euros pela consulta? Como já te tinha dito já tive um processo em tribunal contra mim, como sei que tinha razão não contratei nenhum advogado, apenas fui uma ou duas consultas para saber o que deveria ir lá dizer.Esse advogado cobrou 50 euros por consulta.8 meses depois o processo foi arquivado (tanto tempo).Não paguei mais nada.

Cláudia disse...

que bela porcaria...

A minha situação não é tão grave, mas também tenho problemas com os donos do prédio. Mas pelo menos tenho a quem exigir, e eles lá vão fazendo alguma coisa.

PS - Nos Hipermercados há uns livros para criança em que a personagem principal é um menino chamado Gil. Achei que ias gostar de saber

bjs e muito boa sorte

Cláudia disse...

Esqueci-me de te dizer, que além desses livors, há uma outra colecção que se chama "Rita e Gil..." e que são 10 livros, que custam cerca de 7 € cada.

)0( disse...

Sente-se bem o stress em que andas através da leitura do post. :(
Como a Kya disse, acho que devias concentrar-te nas coisas boas que tens, que nesta altura servem de "escudo" para aparar os golpes da vida e nos dão força.
Estas coisas são morosas, têm muitos custos e nem sempre acabam como gostaríamos.. mas compreendo que não se possa ficar de braços cruzados quando somos injustiçados.

Beijinhos e boa sorte

Cláudia disse...

Não te posso dizer nada que te ajude a levantar o astral a não ser que gostamos de ti e que continuaremos a passar por aqui...
bjs e tem calma, para bem do Gil também...

teresa disse...

Infelizmente a nossa justiça nem sempre é a melhor. E as decisões nem sempre são as acertadas. Tens de ter calma, pensa no Gil ele é o mais importante e lembra-te que ele sente o teu stress.
Desejo que tudo corra pelo melhor.
Teresa e Matilde.

mamã do bébinho disse...

Minha querida: eu não me considero uma pessoa mística, nem nada que se pareça!! Mas numa coisa acredito que é nas energias.
Se andamos chateadas, nervosas, impacientes, irritadas... não vamos atraír coisas boas seguramente... Por isso faz um esforço (sei bem que não é fácil) e cada vez que vires a nuvenzinha negra a pairar sobre ti (pensamentos negativos) pensa no Gil, no baptizado, na sorte que tens por teres formado uma família feliz... e vais ver que ajuda um bocadinho.
As coisas terão que se resolver mas não deixes que te absorvam todas as energias.

um beijinho muito grande

rute29 disse...

Realmente poderias estar a desfrutar de tudo muito mais se não fossem esses problemas todos !!
Mas olha sabes que tens a razão do teu lado por isso fazes bem em não baixar os braços !!
Sei que é dificil mas tenta te abstrair um pouquinho para desfrutares do batizado doteu menino que nada tem a ver com isso!!
beijinhos e calma!!

Maria A. - babyboom disse...

Obrigada pelo teu relato de parto, vou publica-lo em breve!
Beijinho

Carla disse...

Como compreendo esse teu sentimento. Eu também tenho a mania de sofrer por antecipação como diz a Kya, e sobretudo quando sei que tenho um assunto pendente para resolver fico doida e só descanso quando a coisa está resolvida. No teu caso a coisa não parece ter fim à vista e por isso aco melhor começares a concentrar-te nas coisas boas da vida, porque senão o stress vai tomar conta de ti. Tenta ter muita calma com tudo isso.

Beijos

mãe aventura disse...

Acabo só por deixar um grande beijinho! O essencial já foi dito, centra-te nas coisas boas, e o teu bebé lindo acima de tudo!!

May disse...

Isso não está nada fácil, não...
Desabafa bastante, tudo o que precisares para ver se consegues tirar isso da tua cabeça, nem que seja por um bocadinho.

Os conselhos que te deixaram são os melhores, deves mesmo tentar abstrair-te, eu sei que é difícil, mas para que possas fazer isso, refila muito primeiro, tenta ventilar tudo e depois sim, estarás pronta para acalmar.

Vais ver que vai acabar tudo em águas de bacalhau.

Um beijinho grande e muita força.

Mar disse...

Ola, não sei o que se passa, a morada desapareceu do perfil ???? Bem mas visita-me sim, a morada é: http://marsolraiodesol.blogspot.com/

Boa sorte com essa historia, olha que realmente uma coisa dessas e ainda por cima agora que não devias stressar :(
Beijokas

Ana disse...

Lisa mas que coisa mais chata, a carga de stress que vem por ai, o dinheiro gasto en advogados e ainda por cima se perdem a causa.....nem eh bom falar nisso.
Que raiva que deves de ter a esses vizinhos!!!
Nao sei o que te posso dizer, porque nao vendes o apartamento?
Um abraco muito grande

Mamã do Diogo disse...

Realmente, a vida já custa tanto e dp com esses mete nojo a atrapalhar até mete nojo, mas tens de te acalmar, isso tb reflecte na amamentação.
Beijokas

Gioconda disse...

Eu bem te disse que isso ia ser complicado... mas tu ja sabes que é assim, neste País o que está a dar é ser vigarista e burlão...

Golfinho Filipa disse...

Minha linda, aproveita o blog para "deitares tudo cá para fora" e quando acabares de escrever, vira-te só para as coisas maravilhosas que tens na vida! Um beijinho muito grande e FORÇA!

Smas disse...

Olá, linda!
Já não passo por cá há algum tempo e estive a actualizar-me e já li a confusão em que estão metidos... Ai, nem sei que te diga.
Olha, esse stress todo deve andar a contribuir para que o Gil rejeite a mama, tens de te tentar descontrair, principalmente perto da hora de o amamentar porque eles sentem a nossa agitação. Depois também há fases em que eles recusam mamar. O meu por volta dos 8 meses também não queira, mas eu fui insistindo e ele mamou até aos 16 meses. Tens também de te alimentar bem (não é comer muito, mas não saltar refeições) e beber água pois ajuda na produção de leite.
Espero que consigas continuar a amamentar.
Bjs grandes

sonia disse...

Olá amiga!!!

Realmente estamos num pais da treta!!!!

Calma vais ver que tudo se vai resolver, mta FORÇA!!!

BEIJOCAS!!