quinta-feira, dezembro 27, 2007

1 ANO!

Atenção –Post Longo.


Não podia deixar de cá vir, assinalar este dia.
O tempo esvai-se sem que possamos dar por isso e sem que nada possamos fazer, para o impedir de marcar passo.


O meu cuquito já tem um aninho! Não compreendo como já passou um ano e há um ano atrás, vivi este dia de forma vertiginosa, perdendo por completo a noção das horas e todo o dia não passou de um período subsequente de horas inumeráveis, quase irrealistas, mas que jamais serão esquecidas.
Podem passar-se muitas vidas, mas o nascimento desta vida estará sempre presente na minha memória. Todos aqueles sentimentos ambivalentes dos primeiros momentos a seguir ao parto, a primeira imagem do meu menino, a alegria do pai ao vê-lo, o som das suas primeiras choraminguices, o primeiro toque no seu rosto e no seu corpinho, a imagem das suas unhas tão crescidas, o deslumbrar dos seus olhos, de um azul imenso… todas estas lembranças estão ainda gravadas na minha mente e espero que nunca se percam. São momentos mágicos e irrepetíveis.
Relembro, com as lágrimas a querem saltar, a emoção do L. quando o viu e quando deixou transparecer a sua emoção, dizendo “Oh tão giro!”, isto depois de longas conversas em que ele afirmava piamente que todos os recém-nascidos eram feios. Mas o nosso menino era um bebé lindo e continua sê-lo! Até o meu irmão, que partilhava a mesma convicção que o L., quando o viu pela primeira vez, também disse: “Olha, este é mesmo bonito!”
Escusado será dizer que este facto me encheu de vaidade e orgulho, mas estou em crer que quando olhamos para os nossos filhos, não há bonitos nem feios, há laços que se estreitam e surge um amor infindável, que nos era incompreensível enquanto filhos, mas que depois de sermos pais, passamos a compreender e obriga-nos a valorizar, muito mais, os nossos pais.


Mas também tenho saudades da minha barriga e das alturas em que a acariciava e o Gil pontapeava-me lá de dentro. Mas mais saudades ainda, tenho do Gil quando era recém-nascido. Não foram tempos fáceis… o amamentar que se revelou quase infrutífero, mas que mesmo assim, teimosamente consegui levar a amamentação até aos 8 meses, as noites perdidas, para o amamentar, para lhe acalmar as cólicas e para o fazer regularizar as horas de sono. O cansaço acumulado destes primeiros meses a tentar fazer com que nada lhe faltasse e que ele fosse mimado, cuidado, alimentado e protegido da melhor forma.
As roupinhas de tamanho zero, também deixam uma nostalgia imensa. Quando vou fazer compras para ele, não resisto a passar nessa secção e instala-se definitivamente essa melancolia.


Apesar de tudo isto, sei que não aproveitei da melhor forma os seus tempos de recém-nascido, mas creio que ninguém aproveita, porque as condições não são de todo, coniventes com isso. O cansaço instala-se. Há imensa gente que quer ver o novo membro da família ou o novo bebé dos amigos e isso faz sentir-nos ainda mais cansadas. O Gil nunca foi um bebé fácil e/ou calmo, o que atenuou o meu cansaço. O seu choro contínuo, era muitas vezes mote para que perdesse as estribeiras…
Muitas vezes já nem o podia ouvir e ansiava para que o meu marido chegasse a casa só para tomar conta dele um bocadinho e para que eu pudesse descansar.
Confesso que desta parte não sinto saudades, mas ao mesmo tempo, é desta fase que mais saudades tenho, porque nesta altura ele era tão dependente de mim, que o tornava no ser mais especial de todos. É uma contradição eu sei, mas parece que na maternidade todos os sentimentos são ambíguos.


Hoje, passado um ano de muita aprendizagem de parte a parte, tenho um bebé a crescer a olhos vistos, muito bem disposto e simpático, que me enche de orgulho. O seu sorriso é contagiante. São inúmeras as pessoas que se metem com ele, quando saímos, isto porque ele gosta muito de se armar em charmoso e começa a olhar para as pessoas a solicitar atenção, é um descarado.
As suas gargalhadas são para nós a motivo de alegria, porque se ele está bem e divertido, nós ficamos inteiramente felizes com isso.
Durante este ano, também apanhámos alguns sustos (quais os pais que não os apanham?), houve algumas idas às urgências, mas felizmente nada que implicasse cuidados de maior.
Actualmente ele está a pesar quase 8500 Kg e mede pouco mais de 70 cm. O seu peso foi inicialmente uma grande preocupação, porque os médicos e os enfermeiros só querem as crianças dentro dos percentis certos e esquecem-se que os metabolismos são diferentes e que a parte hereditária também conta, assim o meu cuquito é um rapaz elegantérrimo, como o pai e a mãe, mas muito saudável.
Ainda sentimos algumas limitações nas actividades que podemos fazer com ele, mas desde sempre passeámos muito, já assistimos a Danças para Bebés e a Música para Bebés, fazemos semanalmente uma sessão de natação e sempre que possível, convivemos o mais que podemos em família.
Nós é que deixámos um pouco de parte a vida social fora de ambientes caseiros, isto é, convivemos com amigos e família em casa, mas actividades como ir ao cinema (nem me lembro de quando foi a última vez!), ir jantar fora, ir a um bar ou coisas de género têm estado adiadas…


A nível de personalidade, desde cedo que o Gil se mostrou como sendo um puto de personalidade vincada e muito forte. Começou a fazer ginetes com apenas 5 meses e ainda os faz! É um teimoso de primeira, quando não lhe damos algo que ele deseja, ou quando lhe retiramos algo das mãos, faz um berreiro que já ninguém o cala.
Também é muito gozão, por exemplo, quando o colocamos em cima da nossa cama, antes do banho, gatinha rapidamente para fazer de conta que se vai atirar da cama abaixo e mesmo à pontinha da cama, senta-se e olha para nós a rir-se, já depois de termos apanhado um susto daqueles… Ralhamos com ele e ele ri-se.
Dizemos para ele não fazer isto ou aquilo e ele, olha para nós, sorri e continua na sua demanda.
Adora atirar coisas ao chão.
Sempre que ouve música começa a dançar e a bater palmas.
De manhã quando acorda, se o ignoramos, começa a chamar-nos aos gritos.
Raramente está calado, palra, palra que se farta. Também refila muito quando as coisas não estão lá do agrado dele.
É terrível para o Patrick, que geralmente foge dele a sete pés, mas como ultimamente passa demasiado tempo sozinho e sente-se carente, nem se importa que ele lhe faça mal, pois parece preferir a que lhe dêem atenção dessa forma, a não ter atenção nenhuma.
Já dá muitas passadas, pela nossa mão e vai muitas vezes buscar o triciclo, que também serve de andador, para o poder ir empurrando e assim andar, mas tem de ser vigiado por nós, não vá aquilo deslocar-se demasiado rápido e ele estatelar-se no chão. Também já se aventura a dar três ou quatro passos sem apoio, mas ainda não podemos dizer que ele já anda sozinho.
Chama “Mamã” a toda a hora, até agora é mesmo a palavra que ele mais diz. De vez em quando diz “adeu” e às vezes lá diz “Papá”, mas basta dizermos “Chama a Mamã” que ele desata a dizer “Mamã” (Ups, lá fiquei com o teclado imerso em baba! :P). Nos últimos dias começou a dizer “Ôá”, traduzindo, “Olá”.


A sua adaptação à ama, foi bastante complicada, pois ele estava precisamente na fase em que começava a estranhar, todos aqueles que não estavam quase diariamente com ele. Para mim também foi complicado, porque de início preocupava-me muito e sabia que não estava a ser fácil para ele, mas aos poucos pude recuperar um pouco da minha vida própria, que se tinha perdido com o nascimento dele.
Ainda que ele continue a choramingar quando lá fica pela manhã e agora é sempre o pai que o leva, sei que ele está muito bem entregue e que gosta de lá estar, além de que o convívio com as outras crianças lhe é benéfico.


Em termos de alimentação tem sido uma maravilha, aceita praticamente tudo o que lhe damos, as únicas recusas até agora foram legumes, o nabo e o alho francês. Espero que se mantenha a comer como até agora.


Resumindo, tem sido um ano fenomenal!
Ser mãe é algo que ultrapassou definitivamente as minhas expectativas. O Gil foi desejado e “programado”, mas até ter engravidado não tinha sentido o relógio biológico a dar horas. Se a minha vida desse uma reviravolta, com certeza que tinha mais um bebé, mas as contingências não nos permitem que assim seja… isto claro, se o implante continuar a funcionar bem, se ele deixar de funcionar, paciência! Porque se vier um bebé acidentalmente será muito bem recebido, mas programado não virá de certeza absoluta. (Euromilhões, quando é que acertas nos meus números????)
Na verdade, não sei descrever tudo o que tenho sentido ao ver o meu filhote a crescer, a desenvolver-se e a integrar-se neste mundo. Muitas vezes dou por mim a vê-lo dormir, é um dos momentos que mais gosto do dia, a vê-lo interagir connosco, a vê-lo a reagir a sons ou imagens, a vê-lo brincar com os inúmeros brinquedos, a vê-lo a gatinhar atrás do gato, a vê-lo a caminhar na minha direcção, a vê-lo a lidar com os avós e penso para comigo “Como é que esta coisinha tão pequena, tem crescido e já se afirma como tendo um lugar assegurado no mundo?”
Muitas vezes, dou por mim a pensar no “milagre da vida”. E este “milagre” enriqueceu-me de forma indizível e por muito que os homens sejam bons pais, nunca vão compreender o que é ser mãe… verdade, não é meninas? Mas não digam nada, porque eles nem sabem do que estamos a falar.


Para terminar este post que já vai longo, só quero dizer que o nosso Natal foi óptimo, o Gil teve direito a inúmeros brinquedos e alguma roupinha. Também já tem um leitor de cd’s para o quartinho dele.
É claro que ele ainda não tem bem a percepção do que é o Natal, mas deu para ver que ele adorou certos brinquedos. Muitos desses brinquedos vou guardá-los, uma vez que ele ainda não os entende, tais como os legos ou os puzzles, e mais tarde voltarei a entregar-lhos. Há muitos pais que fazem isso e é também o que eu vou fazer, vou guardá-los e assim terá novidades mais amiúde. Agora aqui entre nós, não sei quem é que gosta mais dos brinquedos, se ele ou se eu ou o papá! :P

Só quero dizer mais uma coisinha:

AMO-TE MUITO, MEU FILHOTE LINDO!

33 comentários:

May disse...

Parabéns ao Gil e a ti por este ano de maternidade! Tem sido tão bom acompanhar o crescimento dele.

Ele é um bebé muito bonito e esperto e sem dúvida especial. Adoro ler as novidades e saber das suas novas descobertas. Tenho a certeza que os anos que se seguem serão igualmente preenchidos e cheios de felicidade.

Muitos beijinhos e mais uma vez parabéns!

http://luzesombra.wordpress.com/

baby Just disse...

Minha querida, um beijinho muito muito especial para ti e para o Gil, e claro para o pai do Gil, um ano muito intenso sem dúvida este primeiro, cheio de emocoes, e de altos e baixos, mas sem dúvida único e fenomenal....
Espero que tenham um óptimo, óptimo dia de anos com o vosso pequenote....
Um beijinho
Patrícia

Sandra e Afonso disse...

Parabéns ao Gil! Parabéns ao Gil! Parabéns ao Gil! Parabéns ao Gil! Parabéns ao Gil! Parabéns ao Gil! Parabéns ao Gil! Parabéns ao Gil! Parabéns ao Gil! Parabéns ao Gil! Parabéns ao Gil! Parabéns ao Gil! Parabéns ao Gil! Parabéns ao Gil!
Parabéns também para ti Lisa! Parabéns também para o Papá!
É de facto um ano fantástico, cheio de coisas giras, um ano deles e um ano ano!
Esperamos que passem um dia muito, muito feliz, e que o aproveitem bem porque é muito especial!
Beijinhos Grandes aos 3,

Familia Freitas
www.bebeafonsinho.blogspot.com

P.S. Gil, o Afonso manda um daqueles abraços grandes e apertadinhos, tá?

Mama Da Sammy disse...

Muitos PARABENS!
Que tenham um dia muito divertido e alegre.
Muitos aninhos de vida,cheio de saude e o que mais te desejo:)

Beijinhos para vcs e bom fim de semana.

Carla disse...

Parabéns GIL!!! Parabéns Lisa!!
Tem sido uma prazer enorme ver-vos crescer. Lembro-me tão bem de há um ano atrás ter passado a noite a fazer refresh ao teu blog para saber novidades vossas...
Concordo tanto com tudo o que escreveste que nem fazes ideia. Espero que hoje seja um dia de grande animação e felicidade, e de mais um monte de lembranças para o Gil. E espero continuar a poder ver-vos crescer.

Beijos enormes e felicidades.

Mamã do Diogo disse...

Parabéns!!!!! Ao Gil, claro, e aos papás babados tb :))))
Este foi o primeiro dos mais que ai vêm e espero que sejam tão bons ou melhores.
Beijokas enormes e que passem um dia muito feliz.

Cláudia, a mamã da Daniela disse...

Muitos parabéns Gil!!!!

No sábado lá estaremos para te entregar mais uma prendinha!!!!

E finalmente conhecer esse puto lindo!!!

E um beijinho muito especial aos papás, que fizeram um menino lindo, lindo!!!!

Ana disse...

Parabens Gil.
Desejo muita saude para o teu menino e que ele seja sempre o vosso orgulho.
Tens razao Lisa ser mae eh uma bencao e uma missao tambem, nem sempre facil mas muito gratificante.
Um abraco muito grande aos tres que hoje estao de parabens.

viviana disse...

desculpa la so vir agora mas estive muito ocupada hoje mas nao me esqueçi!!!!!!!!!!!
gil lindo parabens!!!!!!!!!!
que sejas um menino lindo e que te portes bem!!! jokas fofas e um feliz ano novo

verdocas disse...

Olá E. e G.
Obrigado pela tua visita no 69 e pelos votos natalícios.
Aqui ficam os sinceros parabéns ao G. e à sua Mamã babada: que se repitam por longos e felizes anos...
Beijinhos DR

joana disse...

Muitos parabéns ao Gil pelo primeiro aniversário. Desejo que continue a ter uma vida muito feliz junto dos seus papás.
Gostei muito de ler este post e compreendo perfeitamente a nostalgia que sentes. Espero que tenham passado um dia muito feliz. Ficamos à espera de fotos da festinha. Beijinhos

(desde manhã que me ando a lembar que tinha que cá vir dar-vos os parabéns e já quase que não ía a tempo!)

Sandrita disse...

Como é lindo o amor de mãe!!!
Parabéns atrasados ao teu Gil!!!
Parece que foi ontem que nasceu!!! Lindo Gil ....
Que alegria que nos transmites, amiga... parabéns pela mamã que és!!
Espero que tenhas tido um excelente Natal e claro, que 2008 chegue cheinho de coisas boas, saúde, paz, amor e muito sucesso

Simão disse...

Parabéns (atrasados) ao Gil e aos papás babadíssimos!

sonia disse...

Amiga, não posso deixar de ficar emocionada com o teu relato e até mesmo arrepiada! Parece que ainda ontem entrava aqui no teu cantinho e estava a notícia de que o Gil tinha nascido e agora 1ANO!!!! É mmo como tu dizes o tempo passa por nós e eles crescem e nós sentimos que não estamos presentes em alguns momentos tão importantes!!!
Apesar de o tempo passar a correr aproveita todos os minutinhos que puderes como se não houvessem mais!
Muitos parabéns e que este aniversário se repita por muitos e e muitos aninhos!!!
Beijocas

_ disse...

Parabéns Gil! e parabéns mamã...

Só vim dar um salto à net e não tive tempo de ler o post todo, depois volto.
beijinho grande!

:*

1gota disse...

(fui eu que escrevi o último comentário)

Barriguita disse...

parabéns!
parece que foi há tão pouco tenpo e já passou 1 ano.

bjinhos

maria-joão disse...

Um ano já passou e muitos mais passarão e cada vez parece que passam mais depressa. Mas é bom sinal, o tempo passa mais depressa quando estamos felizes.

Que o ano de 2008 vos traga tudo de bom!

A Loja da Rosinha disse...

A loja da Rosinha já abriu com coisa giras de que vai gostar. Venha fazer-nos uma visita em alojadarosinha.blogspot.com

rute29 disse...

Amiga querida és das melhores amigas que aqui encontrei sabes porquê porque adoras ser mãe mas
és muito realista e tens razão quando falas de sentimentos âmbiguos porque a maternidade é isso mesmo!!
Muitos parabéns ao teu Gil e para ti tb que és uma mãe excepcional !!
Minha querida tenho quase acerteza que serás mãe novamente sente se isso na tua escrita deixa a vida andar e quem sabe se não encontras essa establidade que procuras!!
Deixo te um beijão enorme e desejo-vos um Ano Novo incrivel cheio de coisas boas aí para casa!!
beijinhos grandes!!

Maria disse...

Parabéns atrasados pelo 1º aniversário do teu menino lindo e que essa felicidade que vos acompanha não termine nunca!

Desejo que tenham um ano de 2008 fantástico, cheio de coisas boas, principalmente de saude, paz e amor.

Beijocas natalicias

Maria Pereira

viviana disse...

passei para desejar umas boas entradas!! jokas fofas

Cláudia disse...

Parabéns meu lindo!! Desculpa esta tia tonta e cansada que nem se lembrou dos teus aninhos...

Gosto muito deti sabes? «Conheci» a tua mamã pouco antes de nasceres...

Um excelente 2008 cheio de coisas boas e muitos mimos.
Beijos grandes

Amanhã há mais uma história no nosso reino.

Lojinha da Pipocas disse...

Muitos Parabéns e Muitas Felicidades ao Gil e aos papás pelo 1º aninho do Cuquito, desejo-vos uma vida longa cheia de coisas boas!
Já agora, Excelente 2008 para toda a familia!
Beijoquinhas fofinhas.

Golfinho Filipa disse...

MUITOS PARABÉNS!!!! É incrível o nº de coisas por que passamos ao longo do primeiro ano de vida dos nossos bebés! O que importa é que o saldo é sempre muitoooo positivo! E já agora...
A Dinastia FilipiNHa deseja um 2008 brilhante!!! Beijinhos e até para o ano!

Pedro & Pedro (filho) disse...

Um post longo, mas muito lindo!
Parabens!
Um Ano Novo muito feliz, carregadinho de saude, alegria, muitas coisas boas!
Mtos bjinhos.Pedro

mamã do bébinho disse...

Muitos Parabéns (atrasados...)!!!
Realmente, a maternidade muda-nos por completo. E os primeiros tempos são mesmo contraditórios como escreves! Descobertas maravilhosas por um lado e um cansaço indiscritível por outro...
Parabéns pelos primeiros passinhos do Gil e um feliz 2008!

beijinhos grandes

Mamã-tia disse...

Lindo post!

Parabéns pelo 1º aniversário do teu filhote lindo!

Que a vida lhe sorria sempre!

Beijinhos com todo o meu carinho

Ângela disse...

Parabéns um cadito atrasados ao Gil, mas de coração amiga.
E Parabéns também pelos primeiros passinhos.
O tempo voa e até parece que foi ontem que nos conhecemos aqui na Net e partilhamos opiniões, duvidas, sobre a gravidez e depois sobre os nossos meninos, mas já lá vai mais de 1 ano...

Um Feliz 2008 cheio de coisas boas, muita saúde, paz e amor.

Beijocas grandes

Ana Luísa disse...

Ups, estou atrasada mas não podia deixar de dar os parabéns ao Gil e à mamã pelo seu primeiro aniversário. Desejo-vos muitas felicidades e tudo de bom.

Um Bom Ano para vocês.

Beijinhos!

Kya disse...

Lembrei de véspera e depois "passou-me" :( Desculpa, querida. Parabéns atrasadíssimos, mas muito sinceros e sentidos, com os maiores votos de muitos anos de vida, saúde, felicidade e amor! Bjs

Cláudia, a mamã da Daniela disse...

Lisa, dá algumas novidades...

Quero saber como estás tu e o piqueno!

beijinhos

Lojinha da Pipocas disse...

Passei para te deixar uma beijoca!
Tudo a correr bem!