quinta-feira, novembro 01, 2007

Ele preenche-me!

Nas duas últimas semanas saímos duas vezes sem o Gil.
Uma delas foi no nosso aniversário de casamento, tal como já tinha dito, jantámos e regressámos logo, para ir buscá-lo aos meus pais.
Ontem fomos ao jantar de aniversário do padrinho do Gil.
Se no nosso aniversário de casamento, pareceu-me que jantámos a correr para ir buscá-lo, ontem demorámo-nos mais, por força das circunstâncias, já que o restaurante ficava na margem sul e isto fez com que sentisse um vazio enorme, como se já não soubesse estar sem ele...
O quanto nos modifica ter um filho...

16 comentários:

Carla disse...

Sinto exactamente o mesmo.

Beijos

Ana Luísa disse...

Pois... Com medo de me sentir assim, acredita que ainda não saímos os dois, sozinhos, sem o Francisco...
Beijinhos grandes.

May disse...

Como te percebo! O que vale é que até agora nunca estive muito tempo sem ele!

Golfinho Filipa disse...

Como te compreendo... Beijinhos

)0( disse...

:) O Gil está tão desenvolvido! E faz umas gracinhas deliciosas. Fartei-me de rir com o vídeo em baixo.
Beijinhos para vocês

Ana disse...

Os filhos modificam-nos para sempre.
Beijinhos para voces

ana disse...

Isso é o que eu chamo de vida a três! Quando uma das partes falta, fica tudo tão estranho né! Acho que vai ser assim comigo também.
Beijo e bom fim de semana
Ana
www.filhosdamae.wordpress.com

mama babada disse...

Sei o k sentes...
A 1ª vez k saimos p jantar fora ainda a Eva n tinha 1 mes, fomos festejar masi 1 ano de vida em comum e como foi em fevereiro e n keriamos levar a bebé, entao o nosso jantar foi ultra rápido, para teres 1 ideia qdo xeguei a casa diz a minha mãe "chatearam-se? é k n demoraram tempo nenhum" lol
Como nos faz falta akela pestinha.
Bom fds
Beijokas
Nídia e Eva

Vânia disse...

Olá...

Vim retribuir a visita ao meu blog. A verdade é que costumo vir aqui quase diariamente ver as novidades do Gil. :) e o blog até já está linkado lá no nossa casinha.
Quanto à sugestão que lá deixou, realmente seria melhor visitar os monumentos todos ao Domingo, acontece que para quem é de fora, um Domingo para visitar Lisboa é claramente insuficiente! :-)

Beijinhos
www.nanossacasinha.blogs.sapo.pt

Mary / Baby boom disse...

Muito obrigada pela força.
Beijinhos

Ângela disse...

Amiga como concordo contigo....
Sair sem o meu menino é coisa que raramente faço, antes costumava sair todas as sextas e sabados à noite. Desde que ele nasceu que sem ele só devo ter saido umas duas vezes, e deixamo-lo na minha sogra. Uma das vezes fomos ao cinema e como estava a ver o filme estava mais abstraida da situação, mas a outra vez fomos a um bar e tive o tempo todo a pensar se ele estaria a dormir, se não estaria a chorar...enfim estas coisas todas.
Não me importo nada de passar as noites de fim de semana em casa...para estar sempre a adorar o meu menino.

Beijocas grandes

Cláudia, a mamã da Daniela disse...

olha, eu só jantei fora sem a Dani uma vez, no dia dos namorados, e senti o mesmo! Tanto que não voltei a sair sem ela!!!!

maria-joão disse...

Se muda... muda tudo.

Maria disse...

Os nossos filhos entram na nossa vida e nada mais faz sentido sem eles, eu sinto o meso que tu, tento leva-lo para todo o lado connosco mas se algo acontece e ele não pode ir mesmo, tou sempre a pensar em como seria se ele estivesse lá e voo para o ir buscar.

Mil beijocas e boa semana

Maria pereira

Sandra e Afonso disse...

É por causa destas coisas, deste vazio, que eu e o meu maridão ainda não voltamos a sair a dois...
O Afonso faz-nos muita falta!
Beijinhos Grandes,

Sandra e Afonso
www.bebeafonsinho.blogspot.com

RuteNeo disse...

Ai... como te percebo! As tuas palavras podiam ser perfeitamente minhas;)
Bjks gds :)